logo
logo

Category : Biblioteca

31 jul 2019

Participação da Profa Maria Aparecida de Moraes Silva no evento 20 anos depois: a contemporaneidade do pensamento de Abdelmalek Sayad

Participação da Profa Maria Aparecida de Moraes Silva no evento 20 anos depois: a contemporaneidade do pensamento de Abdelmalek Sayad, na mesa redonda “O que é um imigrante?”. Evento ocorrido em outubro de 2018. Para acessar os demais vídeos das conferências e mesas redondas, acesse: https://www.facebook.com/20anosdepois/

31 jul 2019

Pesquisa de José Pereira Filho é destaque em reportagem da TV Bandeirantes

O presente trabalho com o título: “OS SITIANTES DE CÓRREGO DAS PEDRAS (MT): trajetórias de vida e memórias da terra de trabalho”, busca compreender a dinâmica social referente às estratégias e formas de sobrevivência das famílias que vivem em minis, pequenas e médias propriedades, denominadas sítios, na comunidade Córrego das Pedras, município de Tangará da Serra (MT), entendendo a terra como um meio para, através do trabalho das famílias sitiantes que nela residem e trabalham, garantir a produção e reprodução […]

31 jul 2019

Os Sitiantes de Córrego das Pedras (MT)

OS SITIANTES DE CÓRREGO DAS PEDRAS (MT): trajetórias de vida e memórias da terra de trabalho Tese apresentada por José Pereira Filho ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Orientadora: Profa. Dra. Maria Aparecida de Moraes Silva VER TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: O presente trabalho com o título: “OS SITIANTES DE CÓRREGO DAS PEDRAS (MT): trajetórias de vida e memórias da terra de trabalho”, busca compreender a dinâmica social referente às estratégias e formas de […]

02 jul 2019

A produção da vida material dos sitiantes da comunidade “Córrego das pedras em Tangará da Serra”

A produção da vida material dos sitiantes da comunidade “Córrego das pedras em Tangará da Serra” (Mato Grosso) no contexto de expansão do agronegócio Eutopía, Revista de Desarrollo Económico Territorial No. 15, junio 2019 pp.121-143 ISSN: 1390 5708 – E-ISSN: 2602 8239 TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: O presente artigo é resultado de uma pesquisa de doutoramento em andamento, intitulada: “Os sitiantes de Córrego das Pedras (MT): trajetórias de vida e memórias da terra de trabalho”. Objetivamos analisar a dinâmica social […]

02 jul 2019

Vidas talhadas no avesso da história: estudos sobre o trabalho nos canaviais

Adquira seu livro clicando AQUI Maria Aparecida de Moraes Silva e Lúcio Vasconcellos de Verçoza (org.) Forma: 16 x 23 cm, 292 páginas ISBN: 978.85.391.0950-0 Este livro reúne diversos estudos sobre o trabalho nos canaviais. Nas últimas décadas, o Brasil tem se projetado como um dos maiores produtores de commodities do mundo, tais como soja, milho, açúcar, café, carnes, minérios e sucos de laranja. Na contramão da visibilidade dos volumes gigantescos desta produção, há o ocultamento e, até mesmo, a […]

27 mar 2019

Fronteiras e Fronteiriços é tema de pesquisa do Grupo TRAMA

Jucineth Glória, membro do Grupo TRAMA, apresenta a tese intitulada “Fronteiras e fronteiriços: O eu e o outro nas narrativas de brasileiros e bolivianos” sob a orientação da Profª Dra. Maria Inês Rauter Mancuso. Banca Examinadora: Dra. Maria Inês Rauter Mancuso, orientadora e presidente Dra. Célia Regina Pereira de Toledo Lucena, USP/SP Dr. Jérri Roberto Marin, UFGD Dra. Maria Aparecida de Moraes Silva, UFSCar/PPGS Dr. Fábio José Bechara Sanchez, UFSCar/PPGS – TRAMA PESQUISA – Trama Pesquisa é uma série de […]

02 fev 2019

O pós/trabalho nos canaviais é tema de pesquisa do Grupo TRAMA

Tainá Reis, membro do Grupo TRAMA apresenta sua investigação sobre a trama de sociabilidade tecida pelos cortadores de cana a partir de seu adoecimento. O campo empírico foi em uma região de origem desses trabalhadores, em maioria migrantes, no município de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha/MG. Essa nova sociabilidade – estabelecida com diferentes agentes do Estado (assistentes sociais, psicólogas, médicos), que reorganiza as relações de gênero e tem impactos subjetivos profundos – foi chamada de pós/trabalho, elucidando que a sociabilidade capitalista se estende para […]

31 jan 2019

Trabalho e saúde dos cortadores de cana é tema de pesquisa do Grupo TRAMA

Lúcio Verçoza, membro do grupo TRAMA, apresenta sua investigação sobre a relação entre o trabalho e o adoecimento no corte da cana. Verçoza foi orientado por Maria Aparecida Moraes Silva, do Centro de Educação e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que estuda as condições de vida e de trabalho dos boias-frias paulistas há mais de 30 anos. “O trabalho de Verçoza representa um salto porque, até então, não tínhamos como provar o nexo causal entre o […]

29 ago 2018
pós/trabalho nos canaviais

Um estudo sobre o pós/trabalho nos canaviais

Ceifando a cana… Tecendo a vida. Um estudo sobre o pós/trabalho nos canaviais. Tese apresentada por Tainá Reis ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Orientadora: Profa. Dra. Maria Aparecida de Moraes Silva Financiamento: CNPq VER TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: O objetivo desta pesquisa foi compreender o pós/trabalho dos ex-cortadores de cana adoecidos, isto é, a nova trama de sociabilidade em que se emaranham. Para tanto, foi delineada uma metodologia de base qualitativa, com observação […]

21 ago 2018
crianças maranhenses

Nas cores dos desenhos, as travessias (não travessuras) das crianças maranhenses

Nas cores dos desenhos, as travessias (não travessuras) das crianças maranhenses. TRAVESSIA – Revista do Migrante. Publicação do CEM – Ano XXXI, n° 82, Janeiro – Abril/2018 TEXTO COMPLETO: PDF Maria Aparecida de Moraes Silva fala sobre o imaginário na migração através de um trabalho desenvolvido com crianças filhas de migrantes maranhenses. Em “Nas cores dos desenhos, as travessias (não travessuras) das crianças maranhenses”, a autora analisa sobre como crianças filhas de migrantes maranhenses expressam, através de desenhos, o seu imaginário […]