logo
logo

Category : Artigo

17 jan 2014
babaçuais maranhenses

Outra face da violência no Maranhão – babaçuais maranhenses

Outra face da violência no Maranhão. Folha de São Paulo. Tendências/Debates, 17/01/2014. TEXTO COMPLETO: Folha de São Paulo Maria Aparecida de Moraes Silva Nos últimos dias os meios de comunicação têm veiculado, a partir do vídeo revelado pela Folha, as cenas macabras filmadas pelos próprios atores num presídio do Maranhão. Sem adentrar os aspectos da barbárie noticiados, relatarei alguns elementos resultantes de minha experiência de pesquisa na região dos babaçuais maranhenses –particularmente nos municípios de Codó, Timbiras e Coroatá, em 2007, […]

01 dez 2013
urbanização de Cuiabá

Origens e Ocupação do loteamento Quarta-Feira: um estudo sobre a sua relevância no contexto da urbanização de Cuiabá

Origens e Ocupação do loteamento Quarta-Feira: um estudo sobre a sua relevância no contexto da urbanização de Cuiabá (1968-1990) CARVALHO, Jucineth G. E. S. V. de (IFMT – UFSCar) TEXTO COMPLETO: PDF O recorte de estudo, ora apresentado, procurou analisar o conjunto de fatores históricos e socioculturais que levaram ao processo de ocupação e organização espacial do bairro Quarta Feira, que atualmente se denomina bairro Alvorada, no período de 1968-1990, em Cuiabá. Pretendeu-se ainda, nesta perspectiva analítica, evidenciar e relacionar […]

01 nov 2013
Assentamentos Rurais

Pesquisas em Assentamentos Rurais e Comunidades Tradicionais

Pesquisas em Assentamentos Rurais e Comunidades Tradicionais: Diferentes Construções Metodológicas. VI Jornada de Estudos em Assentamentos Rurais, 2013. Texto apresentado por Maria Aparecida de Moraes Silva TEXTO COMPLETO: PDF Agradecimentos: Gostaria de externar meus profundos agradecimentos à Comissão Organizadora da VI Jornada de Estudos em Assentamentos Rurais, particularmente, à professora Sônia Bergamasco. Quero também cumprimentar minhas colegas e amigas desta mesa e demais pessoas presentes e pedir desculpas pela impossibilidade de estar aqui presente. Neste instante, meus pensamentos e sentimentos […]

01 out 2013
resistência sitiante

A ‘resistência sitiante’: entre as estratégias de reprodução, os discursos e os sentimentos

37º Encontro Anual da Anpocs, de 23 a 27 de setembro de 2013, em Águas de Lindóia/SP Texto apresentado por Beatriz Medeiros de Melo TEXTO COMPLETO: PDF A Anpocs representa uma expressiva parcela da inteligência e da intelectualidade brasileiras. Tem a capacidade de lançar mão de um amplo conhecimento acumulado sobre as mais variadas questões locais, regionais, nacionais e internacionais a partir de pesquisas e reflexões baseadas em diferentes pontos de vista disciplinares. A interdisciplinaridade é uma marca dos seus […]

15 set 2013
mobilidade do trabalho

A mobilidade do trabalho revisitada: capital, trabalho e subjetivação.

III Simpósio Nacional de Geografia Urbana. Manaus, 07 a 10 de maio de 2013. Texto apresentado por Ana Carolina Gonçalves Leite TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: A partir de balanços feitos nos anos 1990 sobre os fundamentos teóricos dos estudos migratórios, propomos aqui uma análise e uma crítica de um destes troncos. Com esse artigo ressaltamos as contribuições decisivas da perspectiva teórica da mobilidade do trabalho no questionamento dos limites da separação entre as determinações estruturais reivindicadas pela leitura identificada no […]

01 set 2013
sentimentos

O sítio é bonito e triste. Sobre mudanças sociais e sentimentos no mundo rural paulista

XXIV Congreso Latioamericano de Sociología ALAS – Chile – 2013 Texto apresentado por Beatriz Medeiros de Melo TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: No caminho de compreensão das estratégias de resistência de um campesinato paulista (os sitiantes da microrregião de Jales, no extremo noroeste paulista) à recente expansão da monocultura da cana-de-açúcar para indústria, tomamos os sentimentos como importantes reveladores, tanto positiva quanto negativamente, de uma ―moralidade camponesa que sustenta, na região, uma trama social e espacial predominantemente rural. Apresentaremos tal discussão […]

15 ago 2013
condições de trabalho

A imagem do etanol como “desenvolvimento sustentável” e a (nova) morfologia do trabalho

A imagem do etanol como “desenvolvimento sustentável” e a (nova) morfologia do trabalho Caderno CRH, Volume, 26, n. 68, 2013 Maria Aparecida de Moraes Silva; Lúcio Vasconcellos de Verçoza; Juliana Dourado Bueno TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: O objetivo deste texto é a análise das relações e condições de trabalho nos canaviais, resultantes do processo de reconfiguração do trabalho, em face do momento atual, caracterizado pela intensificação do processo de mecanização do corte de cana. Em função da rapidez das mudanças […]

15 ago 2013
questão regional

A questão regional e o atraso: problemas para quem?

VI Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional Texto apresentado por Ana Carolina Gonçalves Leite TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: No presente artigo, partimos de um esforço de desnaturalização da assim chamada questão regional, para analisar sua formação, paralelamente às transformações no processo de territorialização do capital no Brasil. Discutimos como a intervenção do Estado brasileiro, buscando corrigir as desigualdades regionais aparentemente objetivas que conformavam seu território, derivou da necessidade modernizadora de homogeneizar as relações sociais de produção nacionais, produzindo e unificando um […]

25 jul 2013
expansão canavieira

Expansão canavieira e resistência sitiante

Expansão canavieira e resistência sitiante Revista Raízes Volume 33, Nº 2, julho-dez 2013. Beatriz Medeiros de Melo e Maria Aparecida de Moraes Silva TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: Na primeira década deste século a expansão canavieira alcança o extremo noroeste paulista, território ocupado, desde os arredores dos anos 1950, por sitiantes que aí se estabeleceram depois do trabalho realizado como colonos nas fazendas de café do centro do Estado. Neste artigo, apresentamos as estratégias de resistência cotidiana empreendidas por este grupo à ocupação […]

20 jul 2013
estranhamento

O trabalho à flor da pele: formas contemporâneas do estranhamento nos canaviais e campos de flores

O trabalho à flor da pele: formas contemporâneas do estranhamento nos canaviais e campos de flores Cadernos CERU, v. 24, n. 1 (2013) Maria Aparecida Moraes Silva, Juliana Dourado Bueno, Lúcio Vasconcellos de Verçoza TEXTO COMPLETO: PDF Resumo: A proposta do artigo é lançar novos olhares para a subjetividade dos trabalhadores e das trabalhadoras empregados nos eitos dos canaviais nos estados de São Paulo e Alagoas e nos campos de flores na região de Holambra/SP. Ao trazer esse elemento para a análise, é […]